Overdose de anéis

O anel está presente na história do homem há muitos anos. Há artefatos da época do Império Romano que comprovam sua existência nesse período antigo. Antes de ter a simples função de enfeitar mãos, anéis também eram usados como oráculo e alguns símbolos gravados neles proporcionavam a autenticação de documentos. Na nossa cultura o anel, mais especificamente a aliança, representa a união de duas pessoas que se amam. Essa tradição começou com os romanos que acreditavam que no quarto dedo da mão esquerda, contando a partir do polegar, passava uma veia que estava ligada diretamente ao coração. Apesar dessa ideia romântica, a principio a aliança era um certificado de que uma determinada moça foi vendida, não estava mais disponível a outros pretendentes. Só a partir do século IX que ela foi adotada como símbolo de fidelidade entre cônjuges. Atualmente os propósitos do objeto mudaram mas muitos o ainda tem como amuleto, alimentando superstições, mas independente de sua função não podemos deixar de destacar o quanto ele pode mudar a aparência de um look e o quanto ele pode chamar a atenção.

Não há muito o que responder quando uma pessoa quer saber com quais peças de vestuário os anéis mais combinam , isso vai de cada um, do momento, da situação. Se você quer uma aparência mais delicada ao look vá com um anel discreto, de aro fino com pedrinha/pedrinhas pequenas. Se você quer usar vários anéis desse mesmo tipo também dá certo. Agora se você adora um acessório bem chamativo, tente optar por aqueles de mesmo tom, cor ou mesmo formato e assim não terá desarmonia. Uma febre se tratando de novidade tem sido os animais, fofinhos ou exóticos. Vale misturar vários deles também em uma mão. Além de bichos há outros motivos bem divertidos como mustaches, xícaras e até doces como bolos e cupcakes.

São Paulo, mais especificamente na 25 de março, tem as melhores lojas para comprar anéis diferentes por um preço acessível. Aqui em Goiânia, lojas de departamento como C&A, Renner, Riachuelo e Marisa possuem um estoque muito limitado. Na internet também há alguns achados mas o tempo que leva para a chegada da encomenda é muitas vezes desanimador, o recomendável é ir em busca de sites nacionais que proporcionem um envio mais rápido e eficaz.

Acima estão os meus anéis prediletos. Além deles tenho vários outros mas esses são os que mais possuem um valor afetivo. São bem diferentes mas quase todos foram adquiridos em Goiânia. A chave do negócio é procurar. Apenas o anel duplo de mustache foi comprado fora. Espero que tenham gostado desse post, demorou um pouquinho para ser publicado mas enfim saiu.

Anúncios

Sobre Camila Gomides

Aluna do curso de Design de Moda da UFG.
Esse post foi publicado em Acessórios. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Overdose de anéis

  1. Adooooro. Uso e abuso mesmo! Dão o maior charme a produção..bjus

  2. FRAN disse:

    GENTE, ADOREI!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s